• Lives in Porto Alegre
  • Country Brazil br
  • From Porto Alegre
  • Male
  • Followed by 105 people
Recent Updates
  • Olha só!!!!
    Olha só!!!!
    A CASA ESTÁ CAINDO!

    FINALMENTE ENCONTRAMOS UM DOS MAIORES CRIMINOSOS DO MUNDO (QUE DURANTE ANOS SE ESCONDEU DENTRO DO TSE)

    👇👇👇👇
    APRESENTO-VOS: GIUSEPP JANINO DUTRA.
    👆👆👆

    Secretário de TI do TSE, Giuseppe Janino, deverá ser investigado por CPI na Congresso.

    Denúncia não apurada depõe contra idoneidade do TSE e põe em xeque a segurança das urnas eletrônicas

    No dia 03 de novembro de 2015, ao ser inquirido durante audiência pública na CPI dos crimes cibernéticos, Giuseppe Janino, então secretário de tecnologia da informação do TSE, faltou com a verdade.

    O fato gerou uma denúncia protocolada na Polícia Federal cerca de 2.5 anos depois, em junho de 2018. A notícia crime foi endereçada ao então Diretor Geral da Polícia Federal Rogério Galloro, e o denunciado acusado de ter cometido o crime de falso testemunho.

    Em agosto de 2018 foi protocolado no TSE um documento dando ciência ao Ministro Luís Fux, então presidente do TSE, da existência dessa denúncia. Fux deixou a Presidência do TSE em seguida sem tomar qualquer providência para apurar os fatos, apesar dos pedidos para que o Secretário de tecnologia da informação fosse afastado.

    Sucedeu Fux na Presidência do TSE a Ministra Rosa Weber, com a responsabilidade de conduzir os trabalhos durante as eleições de 2018.

    Na ante véspera do primeiro turno das eleições de 2018, Rosa Weber foi comunicada formalmente da existência da denúncia contra o secretário de TI do TSE, Giuseppe Janino. Uma cópia da notícia crime foi protocolada no TSE aos cuidados da própria Presidente do Tribunal.

    Rosa Weber porém, ao invés de afastar o Secretário de Tecnologia de suas funções, no caso o principal responsável pela segurança do sistema eletrônico de votação, o manteve a frente da equipe que conduziu as eleições sem a menor preocupação, como se não tivesse tomado conhecimento do fato.
    Absolutamente Nenhuma medida foi tomada no sentido de investigar os motivos da representação contra Janino.

    Para piorar a situação, no dia 6 de dezembro de 2018, poucos dias após o segundo turno, Rosa Weber achou por bem convidar o então Diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, a quem havia sido endereçada a denúncia, para ir trabalhar como assessor especial da presidência do TSE, o que nitidamente configura o crime de corrupção ativa através da cooptação de um agente público Federal em pleno exercício do cargo.
    https://convergencias.org.br/noticia-crime-contra-o-secretario-de-tecnologia-do-tse/
    10
    0 Comments 0 Shares
  • 7
    1 Comments 0 Shares
More Stories