ATENÇÃO: Moraes também manda incluir Valdemar Costa Neto e Carlos César Moretzshon, dono do instituto de auditoria, na condição de investigados no inquérito dos atos antidemocráticos que corre no STF.
ATENÇÃO: Moraes também manda incluir Valdemar Costa Neto e Carlos César Moretzshon, dono do instituto de auditoria, na condição de investigados no inquérito dos atos antidemocráticos que corre no STF.
Alexandre de Moraes condenou a coligação de Bolsonaro a pagar R$ 22.991.544,60 por litigância de má-fé por usar “argumentos falsos” ao questionar urnas.
50
0 Comments 0 Shares
Sponsored